terça-feira, 14 de agosto de 2012

...isso pode ser sério

Já há tempos sinto que não envelheço.
A idade me acompanha, mas esse estado maroto é continuo.
E não tenho nenhum sentimento de que isso mudará.
Pelo contrario, cada vez tenho a sensação que é para sempre. 
E nem penso em lutar, pois no momento isso me satisfaz. 
Seja lá o que isso significa.
É claro que feições mudarão, não é disso que falo.
Mas não consigo deixar de olhar para o mundo como um maroto.
Acho que nunca serei um homem da sociedade. E isso pode ser sério.
Acho que sempre serei isso, esse. Menino.
E isso pode ser sério.
Agora, tem algo que não acho, tenho minhas máximas certezas.
Algo que nunca serei é ser um ser sério.

E isso pode ser sério.

2 comentários:

Lu Guedes disse...

Passando por aqui nesse meio de tarde e imaginando a seriedade que nem sempre tem o peso que a palavra o acomete.

bacio

Tuca Cintra disse...

Só eu sei como me identifiquei com esse texto. Gostei muito. Belo blog!