quarta-feira, 27 de maio de 2009

Início de um fim.



Uma promessa com recheio de vidas.
História contada a três.
Conflito sentido em mim, um jogo entrelaçado por nossos desejos.
Nosso presente amargo, feito de memórias doces de um passado.
Apego e paixão dançam entre meu sexo, minha mente e meu coração.
Desejo de odiar para apagar. Apagar o que já foi real e hoje desfalece em ilusão.
Decepção vista de um lugar de olhos fechados. Um antes, remoto. Pernas abertas, peito entregue e olhos vendados.
Quero o que não me pertence. Preciso do que já foi meu.
Um ser que se abre. Outro que se fecha.
Angústias querem entrelaçar no espaço onde a entrega já existiu.
Não ligue. LIGUE!
Não fale. FALE!
Não decida. DECIDA!
Pois o meu ser não se cala diante da covardia.
Que momento é esse?
Preciso de outros, preciso ser outros!
Agir é preciso. Quero a bagunça.
O silêncio me mostrará quem você é.
O silêncio me mostrará o que eu sou.
O silêncio mostrará o que quero.
Vai! Não se mexa.
Não quero descobrir que na história de um amor o final é incerto.
Estou embriagado com o medo. Não quero redescobrir que realmente pensamos ser os reflexos de outros.
Vai!
Não quero descobrir que perdi um outro que criei em você.

Foto:http://br.olhares.com/desencontros_foto2771158.html

8 comentários:

Algumas coisinhas da Jéssica disse...

Ai, as projeções, os apegos, os medos e os desejos... Nos pregam cada peça...

Gabi disse...

O meu ser tbm não se cala diante da covardia...pelo contrário, grita! Insiste! E muitas vezes antecipa...
bjs

Confições da Schena disse...

é a arte do criar...

criamos palco, roteiro, personagens

criamos discípulos para que sirvam a nós, mas pq se recusam? e pq nós nos recusamos também, servir?

aí é que descobrimos que não podemos (re) inventar ninguém.

* Bela* disse...

O silêncio é a melhor resposta quando não se existem perguntas concretas e corretas pra se fazer.
Deixe o silêncio responder por você!

bjoO =)

[Deixe sua marca no meu blog!]

Jairo Pereira disse...

E ai cumpadi, oq ta pengando?
Senti uma angustia doida...
ou é viadagem mesmo?


mandou bem!

André Auke disse...

Isso aqui é um blog literário cumpadi e não um diário pessoal, kkkkkk.

Rosany Andrade disse...

Como sempre vc escreve com a alma.

Parabéns!!!

bjs....

Anônimo disse...

Caraaaaa...lindo!