quinta-feira, 12 de março de 2009

Ontem a tarde...



Ontem à tarde a lua veio até mim.

Ontem à tarde ela desceu na terra para falar comigo.

Foi uma fração de segundos, mas ela falou comigo:

Segundos aqui, pois neste momento de tempo o tempo não existia.

Era em uma tarde onde o sol reinava, mas até ele cedeu aos encantos desse instante.

Uma comunicação sem fala, sem palavras, apenas o barulho do coração, batendo o ritmo de uma respiração alerta.

Com um olhar, apenas um olhar e a lua veio a terra falar comigo.

9 comentários:

Tata disse...

momentos que valem uma vida... :-)

Nadia disse...

Segundos de perder o ar que roubam toda a riqueza de horas e mais horas em que estavamos respirando.
Momentos assim são sublimes, mas não devem occorrer com freqüência ou perdem o encanto.

lindo texto... foto de muito bom gosto.
xD

raquelthome disse...

trazer pra si sem matéria... só pensar.
lindo!

Liana Poiani disse...

não tempo, não ação, ar puro, respirar...

Jairo Pereira disse...

Sempre bom ler...

sempre se superando hein...rs


continue botando pra fuder!

Anônimo disse...

FICO CURIOSA EM SABER QUEM SÃO ESTAS PERSONAGENS (MUITAS VEZES, SE NÃO NA MAIORIA, FEMININAS) QUE ESTÃO SEMPRE NAS SUAS ESCRITAS, QUEM SÃO ESTAS MULHERES? GENTE!!
A LUA (FEMININO) VIR TE VER É TÃO....POÉTICO...TÃO..SURREAL..VIVAO PODER DA LIBERDADE DE IMAGINAR.
JAMILLE

Rosany Andrade disse...

Simplesmente SEXI, OUSADO!

bjs...

Gabi disse...

Como coisas incríveis podem aconteceu num olhar, não é?

Jairo Pereira disse...

Mamilo poético...
Mamilo pérola...
Bico amigo
Desbicando no ar...
Livre leve e solto
Mamilo dengoso
pronto pra aprontar
Oh, doce e entumecido
solte seu grito
e me faça calar...
Mamilo mudo, jeitinho inocente...
é com o frio que se sente
aquela rigidez te estranhar
danadinho danado
ja te vi ouriçado
procurando confusão...
você apontando pra lua
brilhando aquele pele nua
eita coisa linda me dizendo não...
Biquinho, biquinho, porque tu fazes assim?
corre pra outros lados, enquanto aponta pra mim...


Poxa...
Essa foto é inspiradora mesmo...rsrsrss


Adorei seu Poema.